Exibição convincente anula Forjães

Exibição convincente anula Forjães

O Vilaverdense arrancou uma boa exibição e derrotou, esta tarde, o Forjães por uns claros 3-0. O triunfo do “Vila” começou a ser desenhado aos 25 minutos, com um golo do médio Paulinho. Na segunda parte, Pepe e Ricardo Silva fecharam as contas de uma partida em que a equipa de Carlos Viana não apareceu.

A equipa de Hugo Santos, que não perde há três jogos, entrou forte a pressionar o adversário e viu logo Pepe falhar um golo aos 11 minutos, mas, aos 25 minutos, Paulinho inaugurou o marcador.

Tomás Gama cruzou e Rui Gomes deixou a bola passar a bola para o médio facturar. Um lance em que os visitantes reclamaram posição irregular de Rui Gomes.

O jogo continuou de sentido único e Pepe, com uma boa cabeçada, proporcionou a Vasco uma grande defesa.

O Forjães passou ao lado do jogo na primeira parte.

No reinício da partida, o Vilaverdense voltou a entrar forte e marcou o segundo golo, aos 66 minutos, por Pepe.

O Forjães ainda tentou reagir, mas Ricardo Silva, que tinha entrada há três minutos deu a machada final na partida.

O melhor que o Forjães conseguiu fazer em toda a partida foi um remate de Vítor Martins, aos 71 minutos, que Paulinho defendeu para canto.

Ficha
Campo Cruz do Reguengo
Árbitro: Carlos Pizarro, Luís Cunha e José Novais

Vilaverdense 3
Paulinho; Miguel Dias, André Araújo, Diogo Novo, Pedro Araújo, Paulinho, Jonas, Tomás Gama (Maia, 76’), Pepe, Eduardo (Ricardo Silva, 67’) e Rui Gomes (Francisco Alves, 90’)
Treinador: Hugo Santos

Forjães 0
Vasco; Tiago Letras, Pedro, Dinis, Bruno Silva (Bicho, 46’), Tiago Lopes (Tico, 58’) Moreira, Vítor Martins, Miguel (Fábio Pereira, 70’), Casal e Nuno Simões.
Treinador: Carlos Viana

Golos: 1-0, por Paulinho (25’), 2-0, por Pepe (66’) e 3-0, por Ricardo Silva (70’).
Amarelo a: Nuno Simões (30’), Tiago Lopes (47’), Dinis (53’), Maia (80’) e Pedro Araújo (81’).