«Sinto orgulho dos meus jogadores»

«Sinto orgulho dos meus jogadores»

«Antes de mais quero dizer que estou extremamente orgulhoso dos meus jogadores. Entrámos bem, sabíamos onde o adversário nos podia criar perigo, criámos oportunidades, mas não conseguimos concretizar.

Na segunda parte voltamos a entrar mais fortes, mas as equipas também se respeitaram mutuamente e preferiram não arriscar muito.

Estamos em primeiro lugar, no lugar que queremos, vamos continuar a trabalhar semana a semana, jogo a jogo e acredito que vamos atingir os nossos objectivos».