Caldelas reforça sector mais recuado da equipa

Caldelas reforça sector mais recuado da equipa

O GD Caldelas contratou dois jogadores para reforçar o sector mais recuado da equipa. Lima chega do MJ Póvoa para a baliza e Pisco, que na época passada representou o Este FC veio ocupar a vaga deixada por Hugo Xavier, agora treinador do SP Arcos.

Pisco: «Ajudar a equipa a fazer época tranquila»
Pisco fez a formação no SC Braga, tendo passado depois por clubes como a Prozis Academy, Martim, Gerês e S. Mamede antes de se fixar durante três épocas no Este FC.

Esta época decidiu fazer uma paragem no futebol federado e estava a jogar nos Jacarés, equipa que milita no Campeonato Amador do Vale do Cávado.

«Não estava nas previsões este regresso, mas não podia dizer que não ao convite do “mister” Vitinho e Luís, porque o “bichinho” continua cá dentro. Fisicamente estou bem, pois estava ao domingo de manhã», disse o central, que espera ajudar a equipa fazer um campeonato tranquilo.

«Quero ajudar a equipa a lutar pela manutenção mas do meio da tabela para cima. Conheço muitos jogadores que já jogaram comigo. Também vou reencontrar o Paulinho depois daquela situação que aconteceu em Dume, são coisas que nos marcam», disse o jogador de 32 anos.

Lima: «Trabalhar para baralhar as contas do treinador»
Lima é um produto da “cantera” do GD Prado, onde jogou até ao escalão de juniores. Depois passou pelo Adaúfe, Arsenal e MJ Póvoa.

Aos 26 anos vestir a camisola do Caldelas. «O clube estava a precisar de guarda-redes e falei com uns amigos para vir treinar e acabei por ficar. Vou trabalhar para baralhar as contas do treinador», atirou o jogador.