«Respeito sim, temer não»
  • «Respeito sim, temer não»

    Ao contrário do seu adversário deste fim-de-semana, o Aboim AC perdeu os dois primeiros jogos do campeonato. Na primeira jornada saiu derrotado pela margem mínima frente ao Maximinense e no segundo perdeu (3-2) na deslocação ao terreno do MJ Póvoa.

    Ainda não conseguiram ganhar. O que tem faltado?

    O que tem faltado sou eu estar a falhar como líder. Não adianta andar com desculpas sem fundamento quando o único culpado sou eu por não conseguir, até ao momento, um compromisso total dos jogadores para com a equipa. Quando começamos na planear a  nova época essa foi premissa essencial para a renovação/ contratação dos jogadores e não se tem verificado. Obviamente, os resultados não podem aparecer.

    Espera conseguir a primeira vitória frente ao Ribeira do Neiva?

    Abordámos todos os jogos para vencer e contra a Ribeira do Neiva não será excepção. Sendo um dérbi espero que a equipa esteja muita mais concentrada e unida do que até agora. É uma obrigação e um deve.

    O que mais teme na equipa de Rui Silva?

    Com todo o respeito que a Ribeira do Neiva e o mister Rui Silva merecem, não há nada que tema. É uma equipa competitiva, com bons jogadores e uma excelente estrutura, mas, se a minha equipa for fiel aos meus princípios e, se acima de tudo, se transcender e mostrar o que realmente vale, tenho a certeza que iremos complicar muito a vida à Ribeira. No meu pensamento só cabe a vitória. Este é um jogo do “mata ou morre”.
    Espero que seja um excelente jogo, com desportivismo e que sirva para mostrar que o futebol distrital e os derbies distritais estão vivos.