[feslider]

«Podíamos ter matado o jogo mais cedo e eles acreditaram e fizeram golo numa bola parada»

Vítor Magalhães, treinador do Santa Maria, guiou a equipa à segunda final consecutiva.

«Esta foi uma eliminatória muito difícil, mas já sabíamos que ia ser assim, dada a qualidade do coletivo do nosso adversário. O Torcatense tem uma grande equipa, merece estar noutro patamar e é muito bem orientada. Hoje [ontem] o adversário foi melhor que nós no início.

Na primeira parte, o Torcatense esteve melhor, mas retificámos ao intervalo e as coisas resultaram em pleno. Pusemos o adversário em sentido, ficámos em vantagem, podíamos ter “matado” o jogo mais cedo e eles acreditaram e fizeram golo numa bola parada.

A faltar dez minutos, baixámos as linhas, o Torcatense ganhou força, mas a minha equipa e o meu guarda-redes anularam os lances. Parabéns aos meus jogadores, mas também ao Torcatense, que vendeu cara esta eliminatória», resumiu o técnico do Santa Maria ao Diário do Minho.