[feslider]

Padel. Torneio Solidário com a Cruz Vermelha

O Great Padel recebe entre 18 e 21 de Julho o Torneio Solidário, em que as receitas revertem na totalidade para a delegação da Cruz Vermelha de Braga, mais propriamente para Delegação da Juventude que trabalha com cerca de 1500/2000 crianças desfavorecidas em vários projectos escolares.

A organização espera uma afluência de 200 atletas que podem competir nas M3, M4, M5, M6, em femininos, M6 e F5, e mistos MX 5 e MX4. As inscrições podem ser feitas até ao dia 14 de Julho, com o preço de 60 euros para as duplas. No entanto, quem quiser fazer uma segunda inscrição o custo será apenas de 15 euros.

«Abrimos as portas à Cruz Vermelha Portuguesa e à Delegação de Braga e estamos de uma forma escancarada, permitam-me que use esta expressão, e imbuídos num espírito de solidariedade para com aquilo que é a missão da Cruz Vermelha. Queremos enaltecer também o papel quer da Ethos, quer de outros parceiros, que vão estar associados a esta iniciativa com o objectivo de dar um contributo àquilo que é a missão da Cruz Vermelha.

Pretendemos envolvimento também do mundo empresarial, ou seja, chamar as empresas para a responsabilidade social de forma a garantir que este projeto tenha o êxito que se pretende, que é a maior angariação de fundos possível para os projetos da Cruz Vermelha portuguesa, nomeadamente para aquilo que é a sua secção de juventude», disse Francisco Mota, CEO do Clube Great Padel.

A apresentação do torneio decorreu, esta manhã, no complexo desportivo do Great Padel, em Vila Verde, e contou com a presença da Presidente da Câmara Júlia Fernandes, do Vice-Presidente da Delegação da Cruz Vermelha, Júlio Faceira, de Catarina Calheiros, da Delegação da Juventude da Cruz Vermelha e de Rui Matias, da empresa Ethos.

«A nossa capacidade para responder a uma multiplicidade de desafios sociais com os quais somos confrontados diariamente, depende fortemente da disponibilidade e da vontade do tecido empresarial. E este torneio permite-nos dar sequência a um conjunto de projetos que a nossa área da juventude tem tido a ousadia de realizar.

Gostaria de aproveitar também este momento para agradecer à presidente da Câmara de Vila Verde, Júlia Fernandes, pela disponibilidade e compromisso que tem demonstrado com a nossa missão, no sentido de melhor respondermos a todo um conjunto de necessidades sociais também no Concelho de Vila Verde», apontou Júlio Faceira.

Por sua vez, Júlia Fernandes, sublinhou a importância destas parcerias em prol das causas sociais.

«A Cruz Vermelha tem feito um trabalho extraordinário em Vila Verde, tem sido um parceiro incontornável no apoio, sobretudo às famílias mais necessitadas. Tem sido uma instituição com um papel fundamental em tudo o que é o apoio das famílias com mais vulnerabilidade social, mas também com os mais idosos, com projetos interessantes, com os desempregados nos projetos de reinserção.

Tem sido uma instituição que tem trabalhado de uma forma muito próxima, muito proativa aqui no nosso concelho através do seu núcleo, do Centro Comunitário de Prado. Deixo um agradecimento, em nome do Município, a estas três grandes vertentes que aqui se juntam. O Great Padel, a Cruz Vermelha e à Ethos patrocinadora deste torneio», anotou.